• Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon

#manjagastronomia 

Rua Artur de Azevedo, 772 - São Paulo - SP

Tel: (11) 942 771 707  |  Email: atendimento@manjagastronomia.com

 

© 2019 by Manja Gastronomia.

April 12, 2017

February 21, 2017

Please reload

Posts Recentes

Chef ou cozinheiro?

February 21, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Chef ou cozinheiro?

February 21, 2017

Cozinheiro ou "chef"? Afinal de contas, qual a diferença? Qual o termo correto? Com a glamourização da gastronomia tem acontecido um fenômeno estranho: ninguém mais quer ser cozinheiro, só "chef". Parece que cozinheiro para muitas pessoas quer dizer algo menor, menos prestigioso. Eu mesmo, em muitas situações tenho que me colocar o título "chef", pois quando entrego um cartão ou currículo escrito "Pedro Roxo, cozinheiro", parece que o efeito nunca é o esperado. 

Chef não é um adjetivo e sim um cargo. Ninguém é "chef", uma pessoa ocupa a posição de chef, num determinado momento. Um cozinheiro pode eventualmente ocupar o cargo de chef em sua vida profissional, algo como a diferença entre engenheiro e gerente: o sujeito é um engenheiro e seu cargo naquele momento gerente. Para complicar um pouco mais a questão, dentro da hierarquia da cozinha existem vários "chefes": chef executivo, chef de partida, sous chef, poissonier, saucier e por aí vai (assim como gerente de marketing, de operações, etc).
Me permito aqui uma tradução livre do trecho "How the chef becomes a cook", do livro "A return to cooking" do cozinheiro Eric Ripert, chef de cozinha do Le Bernardin, um dos melhores restaurantes do mundo, em NY.
" Um cozinheiro e um chef são diferentes entidades. Chef é um título. Um chef pode ser bom, ruim ou qualquer coisa; pode ser chef de hotel, restaurante, chef da TV, personal chef, chef da corporação.."Chef" é uma profissão e quando você é um cozinheiro, isto é quem você é, desde a sua espinha até a sua alma. Permeia tudo que você toca. Quando você vê alfaces jovens brotando do solo, tomates, vagens clarinhas de ervilha, todas as moléculas entre seu olhar e aqueles vegetais se carregam com a energia do momento, da paixão pela cozinha."
Quando você sai da cama as 5 da manhã num dia inverno, vai para o mercado e se emociona com a beleza dos ingredientes, se sente totalmente revigorado após ver as maravilhas que o peixeiro separou para você: ai vem a certeza de que o maior privilégio do mundo é poder fazer o que se ama!
 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga